Na Vila Madalena

Ela lê no tapume do prédio: Mais amor, por favor. De repente, sente uma pancada na cabeça. Filho da puta, foi capaz de gritar antes de cair.

Ela lê no tapume do prédio: Mais amor, por favor. De repente, sente uma pancada na cabeça. Filho da puta, foi capaz de gritar antes de cair.


Tags:

Comente

Uma resposta para “Na Vila Madalena”

  1. […] a gentileza com um gesto de cabeça. Fui heroicamente, em pé, até à estação terminal na Vila Madalena. Deixei o trem um tanto […]

Deixe uma resposta