Resenha: Demarcação Já

Foto: Cinedelia Foto: Cinedelia

Como é que se resenha um vídeo que está no YouTube? Pergunto, pois até hoje só havia escrito resenhas de livro e de longas-metragens. Nesses casos meu esforço foi tornar o livro ou o filme interessantes para o leitor. Agora , como resenhar um vídeo – de 15 minutos – que está na íntegra?

Talvez no lugar de resenha a palavra apropriada seja sinopse. Palavra grega que significa, segundo o Dicionário Houaiss: vista do conjunto, golpe de vista geral; tábua de matérias, sumário, índice; ver em conjunto, abranger em um golpe de vista. Daí vem a questão: qual a sinopse do vídeo Demarcação Já?

Penso que necessitaríamos de quase todo o espaço da internet para falar da questão indígena no Brasil. Índios e índias já viviam por aqui muito antes de nós. Os negros, os brancos viemos bem depois. Saltamos das caravelas ou fomos saltados dos navios negreiros. Por habilidade e força dos portugueses acabamos falando uma só língua.

Mas os indígenas, apesar das perseguições e maus-tratos, mantiveram as suas línguas e seus modos de viver. O que é no mínimo espantoso! Os poucos que sobraram de muitos ainda celebram relações próprias com o meio ambiente, com a arte, com o sentido de desenvolvimento. No fundo, nunca existiu diálogo entre nossas culturas. O que existiu e segue vigendo é colonização e dominação.

Mas houve e há vozes que se levantam para defender os povos indígenas no seu direito de existir e ser como são.

A batalha de hoje – fundamental para que as nações indígenas não desapareçam – é pela demarcação de seus territórios. Que não haja delongas, subterfúgios, golpes.  Demarcação Já – dirigido pelo jovem André Vilela D’Elia – consegue ser um vídeo luta-celebração-emoção.

Eis a ficha técnica:
Letra: Carlos Rennó. Música: Chico César. Artistas: Ney Matogrosso, Maria Bethânia, Gilberto Gil, Djuena Tikuna, Zeca Pagodinho, Zeca Baleiro, Arnaldo Antunes, Nando Reis, Lenine, Elza Soares Lirinha – José Paes de Lira, Leticia Sabatella, José Celso Martinez Corrêa, Tetê Espíndola, Edgard Scandurra, Zélia Duncan, Jaques Morelenbaum, Dona Onete, Felipe Cordeiro, Criolo, Marlui Miranda, BaianaSystem,Margareth Menezes
Céu.
Participação: Eduardo Viveiros de Castro, André Vallias
Ailton Krenak.
Produção: Cinedelia. Direção: André Vilela D’Elia.

Assista Já


Comente

4 respostas para “Resenha: Demarcação Já”

  1. Ivana disse:

    Fernanda que tema importante você escolheu pro seu texto! Parabéns. O vídeo é lindo, os índios são os donos dessa terra chamada Brasil, os brancos, roubaram, saquearam e mataram os índios desde o descobrimento até os dias de hoje, a demarcação de suas terras é questão de justiça e não pode mais ser adiada.

    • Fernanda Pompeu Fernanda Pompeu disse:

      Ivana, bom dia! Digamos que, desta vez, foi o tema que me escolheu. Desde que assisti ao vídeo, fiquei com a letra, música e mensagem na cabeça. É muito importante mesmo! Beijo.

  2. Angela disse:

    Que vídeo lindo! Demarcação já!

Deixe uma resposta