Bora blogar!

Primeira Oficina de 2017

Arte Estúdio Saci Arte Estúdio Saci

Sempre pergunto para as pessoas: Você tem um blog? Pois penso que toda gente poderia ou deveria gerenciar, na rede, um espaço organizado para sua comunicação. É evidente que boa parte das pessoas responde: Não tenho interesse algum. Nesse momento o papo de blog termina. Uma vez que ter interesse é parecido com ter desejo – dois sentimentos molas que nos movem na vida.

Mas entre as pessoas interessadas em ter um blog para postar assuntos de paixão e compromisso, existem os que foram à luta e já criaram os seus locais digitais. E há muitos que sentem vontade de blogar mas ainda não fizeram nada. Então dá para pensar em dois grupos bem definidos: os blogueiros e os futuros blogueiros.

Conversando com o pessoal que já tem um blog, as preocupações e os prazeres estão na regularidade das postagens e nas estratégias de disseminação dos conteúdos. Apesar da facilidade tecnológica de postar textos, imagens, vídeos, a exigência de preparar esses conteúdos é igual a que existiu desde que o Gutenberg inventou a prensa no século 15.

Daí blogueiros são seres-esponja que juntam habilidades de escritores, jornalistas e produtores. Esta última habilidade é bem específica, pois um blogueiro ao disseminar suas postagens tem que necessariamente transitar por redes sociais e entender o bebá do SEO – parâmetros para indexação não paga no google.

Seja qual for o tema do blogueiro, há a comprovação de que posts bem escritos levam vantagem em relação aos de escrita ruim.  Com exceção dos youtubers, blogueiros têm que praticar a escrita. Eles também precisam conhecer os fundamentos da linguagem visual. Ou seja, quais ilustrações ou fotos dão um empurrãozinho para a visualização e leitura do texto.

Também conversando com futuros blogueiros – aqueles que querem ter um blog, mas todavia não começaram – percebo que a maior  hesitação está no medo da própria exposição e na disciplina de sempre atualizar. Blogs nos expõem e disciplina é conquista. Para começar um blog tem que conviver com os medos e encarar o erro com naturalidade.

Todo blogueiro erra! Mas a boa notícia é que a ferramenta digital nos permite corrigir imediatamente. Com apenas um clique podemos editar e reeditar nossos posts. E também aprendemos rapidamente. Então eu digo para qualquer um que quer blogar: Comece.

É fato que os blogues já são quase maiores de idade – se consideramos o ano 2000 como base. Daí há uma pequena – mas intensa- história para nos ensinar. Já é possível dividir a empreitada em duas colunas: o que o blogueiro pode fazer e o que ele não deve fazer.

Ferramentas, como o WordPress, são muito fáceis de usar. A sequência de tarefas: escrever, revisar, fazer SEO, publicar, divulgar, monitorar é trabalhosa. Mas acreditem, extremamente prazerosa.

Serviço:
Workshop de 8 horas Blog seu Blog
25 de março (sábado), 9h30 às 18h30
Estúdio Saci – Rua Capote Valente, 1240
Pinheiros- Sampa
Palestrantes: Fernanda Pompeu, Fernando Carvall, Marina Sorc


Tags: , , ,

Comente

6 respostas para “Bora blogar!”

  1. Silvana Moura disse:

    Quem sabe?

  2. Fabio Gomes disse:

    Olá, Fernanda, belas reflexões, como de hábito.
    Autorizo o uso deste meu texto em seu workshop, caso seja de seu interesse: http://www.digestivocultural.com/colunistas/coluna.asp?codigo=4300&titulo=Eu_blogo,_tu_blogas?

  3. […] a oportunidade também de trabalhar numa plataforma nova – a digital. Isso eu aprendi: espaços que ainda não criaram tradição se prestam bem mais […]

Deixe uma resposta

Antes de enviar, por favor resolva a questão: *