Ilustração autoral

Valeu o puxão de orelha

Coleção Cida Santos Coleção Cida Santos

Resumo do vídeo 6 da Série Mal Traçadas

1
Quase todo redator quando começa a blogar, depois de se convencer que tem que ilustrar seus textos, vai no Google atrás de imagens. Daí fica feliz com a abundância da oferta. O problema é que tudo fica com cara e focinho de google.

Carinhas google

Imagem Google

2
Com o tempo, a gente amadurece e passa a fotografar algo que dialogue com o texto. E, principalmente, que seja autoral. Por exemplo, para ilustrar o post Chora, companheiro, foram usadas roupas no varal. E funcionou.

Camiseta e sutiã no varal

Ilustra Fernanda Pompeu

3
Mas isso é só um pedaço do caminho. O outro é melhorar as imagens autorais. Quer dizer, é fundamental ser autoral. Mas isso não basta. É necessário aumentar a qualidade da composição da imagem. Isto é, ter consciência visual.

4
No vídeo anterior do Mal Traçadas, houve críticas à imagem do detergente usado para apoiar o texto, escrito pelo ilustrador, sobre a Cracolândia:
Era uma vez um reino lindo, governado por um príncipe limpo onde moravam súditos felizes. Um dia, o príncipe limpo descobriu que no reino lindo também moravam súditos sujos, o que causava muita tristeza e não condizia com a lindeza do lugar. Para encerrar a história (e foi assim mesmo!), o príncipe limpo passou o trator nos súditos sujos (e isso não é metáfora) e o reino, o príncipe e os súditos voltaram a ser felizes. Só que não.

 

primeira imagem

primeira imagem

 

detergente na horizontal

segunda imagem

5
Então a ilustração do detergente foi refeita. Se compararmos a primeira imagem do detergente com a segunda, dá para ver que houve um ganho significativo. A segunda imagem tem mais drama. Foi tirado o rótulo e houve atenção para o centro e o extracentro. A imagem ficou mais forte. Está correta. Não há nada nela que não cumpra uma função narrativa. Ficou elegante. E chamativa.

6
Por último, e super importante, é prestar atenção no centro e no extracentro. Às vezes, a gente pensa que o leitor vai se fixar só no objeto central. Não é verdade. Ele vai observar tudo.

 

Serviço:
Série Mal Traçadas
com Fernanda Pompeu e Fernando Carvall
Direção e Edição: André Sakurai
Realização. Estúdio Saci

Veja vídeos da série no Face
Veja vídeos da série no YouTube

Leia também Aprender com Portinari


Tags: , , ,

Comente

Deixe uma resposta