Dica pra começar

Começar bem ajuda muito

Arte Fernanda Pompeu Arte Fernanda Pompeu

Resumo do vídeo 1 da Série Mal Traçadas
Como escrever?

1
Muita gente senta em frente à folha em branco ou à telinha piscante com aquela vontade doida de escrever, mas sente dificuldade de começar. O início pode ser mesmo desanimador. Na minha opinião o primeiro passo é encontrar (ou ser encontrado) pelo assunto.

2
Assuntos podem ser objetivos. Por exemplo: Como os aviões decolam? Daí o lance é recorrer ao São Google e pesquisar. Assuntos também podem ser subjetivos. São aqueles que nascem de uma necessidade interior. Querem sair para o mundo carregando suas dúvidas e insights. Correm atrás da empatia.

3
Tanto para assuntos objetivos ou subjetivos há uma ferramenta interessante de desbloqueio. O nome dela é Campo Semântico ou Associativo. Você desenha um círculo e coloca o tema principal dentro dele. Daí anota em outros pequenos círculos as associações que afloram da sua mente.

desenho do campo semântico

Arte André Sakurai

4
Nosso cérebro funciona por associação. Estamos o tempo todo ligando o elemento A ao B ao C ao X – assim sucessivamente. Desse encontro de elementos nascem as ideias. Quando se encontram dois elementos estranhos se incendeia a gasolina da criatividade. Dê uma olhada no filme chileno NO e você vai entender direitinho o poder das associações.

5
Aqui entra a relevância do repertório. Em resumo o repertório é o conjunto de tudo o que lemos, experimentamos e aquilo que os outros contam pra gente. Quando maior o repertório, mais ricas são as associações.

6
Familiarizados com o assunto podemos soltar os dedos no papel ou na telinha. Lance a primeira frase e vá em frente. Boa viagem!

Serviço:
Série Mal Traçadas
com Fernanda Pompeu e Fernando Carvall
Direção e Edição: André Sakurai
Realização: Estúdio Saci

No Face

No YouTube


Tags: , , ,

Comente

6 respostas para “Dica pra começar”

  1. Rachel Moreno disse:

    Amei. Carreguei.

    Beijo

  2. […] vezes ele vem como um santo que baixa. Você está tomando um copo d´água e, antes de terminar, surge o assunto. Em dia de sorte, pode até despontar inteiro, perfeito, redondo. Mas nem sempre é fácil, de […]

  3. […] publicitário. Anote, na folha do rascunho, palavras ligadas ao tema. Isso leva o nome pomposo de cadeia semântica, mas é bem fácil de fazer. Por exemplo, se o tema for mobilidade urbana, escreva: trânsito, ir […]

  4. […] publicitário. Anote, na folha do rascunho, palavras ligadas ao tema. Isso leva o nome pomposo de cadeia semântica, mas é bem fácil de fazer. Por exemplo, se o tema for mobilidade urbana, […]

Deixe uma resposta

Antes de enviar, por favor resolva a questão: *