Aprender com Portinari

Presta atenção

Portinari por Carvall Portinari por Carvall

Resumo do vídeo 5 da série Mal Traçadas

1
No vídeo anterior, foi usada a fotografia de um detergente para ilustrar um texto sobre a Cracolândia. O detergente foi escolhido como metáfora de limpeza. Ilustrações funcionam quando chamam o olhar do leitor para a página.

2
Para os blogueiros, às vezes, ilustrar é um drama. É grande a tentação de pegar imagens na internet. Mas muitas delas têm autores – isso pode virar um problema. Também ao colar imagens “prontas” você cai no lugar comum. Daí é melhor o blogueiro se arriscar e recorrer a um repertório próprio, mesmo que você não seja fotógrafo, nem ilustrador. Mas faça, pois ficará mais autêntico. Para ajudar blogueiros a melhorar suas ilustrações, vale a pena observar um trabalho do Candido Portinari (1903-1962).

Tela O Lavrador de Café do Portinari

O Lavrador de Café Portinari

3
Vamos analizar a pintura O Lavrador de Café. Vamos entender o centro e o extracentro. No centro da imagem nós vemos o trabalhador, uma figura hiperbólica, exagerada. Tudo nessa tela do Portinari tem uma função narrativa. Nada foi pintando por acaso. Todos os elementos concorrem para que a história seja bem contada. O lavrador é o centro de atenção do nosso olhar.

4
Repare que em torno do protagonista, o Lavrador, você enxerga os objetos direitos. No centro está o presente, o agora. Já no canto superior esquerdo vemos o café colhido, também há uma árvore cortada, a enxada na mão. Esse é o trabalho feito. Tudo na tela foi colocado para dá predicativos ao sujeito.

5
No fundo há os morros, todos plantados. É o passado. Reafirmando o trabalho feito. Já o futuro vem representado pela locomotiva indo embora em perspectiva, da esquerda para a direita. Ela está levando para o porto o fruto do trabalho dele. Conclusão: para uma imagem funcionar tudo tem que ser pensado.

6
Posto isso a imagem do detergente precisa ser retrabalhada. A janela, a louça não contribuem para contar a história. Para o próximo vídeo do Mal Traçadas o desafio é retomar essa imagem e limpá-la.

O detergente como metáfora de limpeza

Ilustração do exercício Metáfora

Assista ao vídeo

Serviço:
Série Mal Traçadas
com Fernanda Pompeu e Fernando Carvall
Direção e Edição: André Sakurai
Realização. Estúdio Saci

Veja vídeos da série no Face
Veja vídeos da série no YouTube

Leia também Desafio Metáfora


Tags: , , ,

Comente

3 respostas para “Aprender com Portinari”

  1. Marisa Paifer disse:

    É uma delícia ver duas feras falando sobre os temas que dominam. Adoro.

Deixe uma resposta